A Microsoft, através de uma parceria com a Prefeitura de São Paulo, vai ampliar a utilização de tecnologia na rede municipal de ensino. A iniciativa oferecerá para alunos e professores acesso às plataformas educacionais da empresa, além de capacitação e doação de softwares. Serão beneficiados pela parceria os 422.110 estudantes do ensino fundamental e 58.991 docentes da rede municipal.

A iniciativa contribuirá para a implantação dos Laboratórios de Educação Digital (LED) nas escolas de ensino fundamental. Esses espaços transformarão os laboratórios de informática tradicionais em espaços colaborativos e orientados para resolução de problemas, permitindo a criação de um currículo educacional que trabalhe linguagem digital.

Outro projeto beneficiado é o CEU21, que transformará os Centros Educacionais Unificados (CEUs) em polos de educação digital e experimentação abertos para os alunos e para a comunidade.

Além da inclusão digital, a parceria facilitará trabalhos pedagógicos, como a realização de pesquisas e atividades entre os alunos, projetos de criação, resolução de problemas, autonomia, autoria e construção de protótipos.

Todas as escolas municipais da cidade também terão acesso gratuito aos produtos Microsoft, como o Office 365 Educacional, com Word, Excel, PowerPoint, OneNote, e o OneDrive.

Mais investimentos

Além de tudo isso, haverá a capacitação de professores pelo programa Professores Embaixadores em temas relacionados à inserção da tecnologia no processo de aprendizado e ao uso das ferramentas disponibilizadas na parceria.

ONGs parceiras da cidade de São Paulo que atuam em projetos de inclusão digital também receberão softwares doados pela Microsoft.

Aos moradores da cidade também estará disponível o aplicativo “Microsoft Cidadão Conectado”, que permite a fiscalização de dificuldades, o envio de proposta de soluções, a avaliação dos serviços da Prefeitura e o acompanhamento do desempenho de políticas públicas, permitindo a comunicação dos cidadãos com a administração municipal.

O termo de cooperação com a cidade tem vigência de 60 meses e os investimentos em programas são equivalentes a R$ 15 milhões.