Uma coisa é mais do que certa: a rotina mata. E isso pode certamente acabar com aquela sua disposição de trabalhar 100% ou mesmo fazer o seu desempenho cair um pouco na hora da labuta. Não se culpe se você estiver passando por isso, afinal ninguém é de ferro. Mas quando esse momento chega, é preciso parar alguns segundos para recarregar.

“Tirar férias serve para isso”, você pensa. Mas nem sempre essa é uma possibilidade, por inúmeros motivos: você pode simplesmente estar a meses de distância das suas próximas férias, pode estar com o dinheiro/tempo comprometido com outras prioridades da vida (como uma especialização) e não consegue viajar ou, simplesmente, é autônomo e não pode se dar a esse luxo no momento.

Como fazer, então? O site The Muse, especializado em carreira, dá três dicas que podem ser a luz no fim do túnel. Confira:

1. Repaginada

Mexer em algumas pequenas coisas na sua paisagem diária já pode fazer uma enorme diferença – especialmente se o seu escritório não permite dar aquela espiada na janela para ver como anda o tempo lá fora. Trocar a paisagem (leia-se: paredes cinzentas e o mesmo porta-canetas de sempre dando o ar da graça na sua mesa) pode trazer uma influência positiva sobre o seu comportamento diário (e mudar esse seu humor).

Mudar a cor da parede não é uma opção? Não tem problema. Que tal um minivaso de plantas na sua mesa? Ou coloque algum acessório que te traga inspiração. E, falando nisso, por que você não escolhe uma das maravilhosas frases que selecionamos todos os dias com muito carinho para a newsletter do The BRIEF, imprime e coloca no seu mural pessoal? A mudança pode ser sutil, pode ser do jeito que você quiser. Apenas faça.

2. Eu me remexo muito!

Agarrar-se ao conhecido é algo inerente à natureza humana. Sabe aquela história de "zona de conforto"? Então, ela é bastante real e nos prende, impedindo que as coisas saiam do controle. Mas, de vez em quando, isso pode ser bastante contraproducente. Continuamos com a rotina de sempre apenas porque ela traz conforto e segurança, mas não necessariamente está atendendo a nossas expectativas e planos (ou sequer está trazendo aprendizados ou qualquer efeito positivo).

A dica é: mude a sua rotina, se remexa! Alterar o curso das coisas pode dar aquele respiro que você está procurando para se motivar. Longe do seu “sistema perfeito de rotina diária”, você também terá a oportunidade de implementar o seu lado criativo. Saia da mesmice.

3. Desconecte-se!

Sim, sabemos o quão é difícil se desligar completamente do trabalho em um mundo em que você continua conectado ao seu email via smartphone. Porém, dê a você mesmo essa pausa. Será que o seu celular precisa ser a primeira coisa que você confere quando abre os olhos e a última antes de cair no sono? Acho que você sabe muito bem a resposta.

Desligar-se por completo não é uma opção, sabemos. Mas se permita viver um pouco longe dessas telinhas. Aproveite o jantar com amigos quando estiver com eles (em vez de ficar olhando para o celular a cada 5 segundos). Leia. Deixe sua FOMO (do inglês, fear of missing out) de lado e faça pequenas pausas dessa vida conectada.