Já ouviu a frase “tempo é dinheiro”? Pois então, um empreendedor norte-americano levou essa história literalmente ao pé da letra. Evan Prodomou decidiu criar uma criptomoeda chamada Evancoin para prestar suas consultorias. 

Fundador da Wikitravel em 2003 e atualmente cofundador da startup Fuzzi.ai, Prodomou já tem bastante experiência no segmento do empreendedorismo. Logo, não é raro suas redes sociais e e-mails estarem repletos de solicitações de amizades e convites para conversas e pedidos de ajuda. 

Tendo dificuldade para conciliar seu trabalho, vida pessoa e estes compromissos que surgiam diariamente, Prodomou optou por desenvolver a criptomoeda capaz de valorizar seu tempo.  No final das contas, todas as interações que Evans tinha se tornaram transações. 

A Evancoin começou a ser comercializada no início deste mês. Através da moeda o cliente estará “pagando” pelo tempo do empresário. Como é uma espécie de dinheiro, a pessoa também poderá vender sua criptomoeda para quem quiser. A Evancoin pode ganhar ou perder valor dependendo de como é negociada, aliás. 

Atualmente a moeda vale US$ 45 cada. Mesmo o valor estando muito abaixo do preço que cobra por eventuais consultorias, Prodomou está satisfeito com o resultado da iniciativa. Segundo ele, com o tempo o mercado irá entender o valor do seu tempo e com certeza a moeda irá valorizar mais. 

“Estou seriamente buscando explorar como as criptomoedas estão mudando a forma como entendemos e utilizamos nosso dinheiro”, explicou Prodomou em entrevista ao portal Wired. 

A ideia de criar a moeda surgiu alguns anos atrás, quando o Bitcoin tornou-se popular. “Meu amigo e colega Kevin Fox, que projetou a interface original do Gmail no Google, disse que todos deveriam ter sua própria moeda pessoal. Não demorei e registrei a minha”, continuou. 

Entretanto, nem todos estão aceitando bem essa ideia. Quando propôs à uma amiga que utilizasse a Evancoin para reservar um café, ela não se mostrou confortável com a situação. Segundo ela, transformar uma interação social em algo pago não era correto. 

Prodomou respeitou a posição dela, mas decidiu manter seu plano de utilizar a moeda.  Segundo ele, todos nós trocamos nosso tempo por dinheiro simplesmente pelo fato de passarmos mais tempo no trabalho do que em casa.