Com a abertura de diversas micro e pequenas empresas, os lucros desses negócios ainda tendem a ser baixos, o que as impede de receber grandes investimentos até se estabelecerem no mercado. Porém, a presença online pode ser fundamental para o crescimento delas.

Uma pesquisa realizada pela GoDaddy – empresa de domínios e hospedagem de sites – indica que mais da metade das chamadas “MPEs” não possuem nem o próprio site na web.

Ainda de acordo com o levantamento, 35% dos microempresários consideram seus empreendimentos pequenos demais para ter um site. Cerca de 20% deles dizem que não é financeiramente acessível e 21% afirmam que está além dos seus conhecimentos técnicos.

Apesar do receio dessa aventura online, o ganho desses negócios pode ser muito maior se pelo menos derem o pontapé inicial na internet. Duvida? A hipótese é comprovada por um estudo do MIT Center Digital Business, que diz que empresas digitalmente maduras conseguem um lucro 26% maior do que os concorrentes.

Um exemplo é a empresária Amanda Diniz, proprietária de uma pizzaria em Uberaba (MG), cujo primeiro contato digital foi através de seu site, que posteriormente foi hospedado em uma plataforma de buscas especializada em serviços.

Além da criação e manutenção do site, é importante a presença da empresa no Google, por meio de anúncios.

Como resultado, a página da pizzaria da Amanda teve quase 1,5 mil visualizações no último mês. Ciente de que a presença online é fundamental, a microempresária se prepara para imergir de vez nesse mundo. Além de cadastrar o restaurante em um aplicativo de delivery de comida, ela pretende ampliar o alcance do estabelecimento na web.

Segundo Renato Tessaro, Diretor Executivo da RTessaro Marketing e Desenvolvimento Web, aproveitar a audiência online é uma estratégia fundamental para o crescimento das micro e pequenas empresas no meio offline. Pode ser um processo demorado, mas trará resultados, completa.

Uma curiosidade constatada na pesquisa da GoDaddy é que a maioria daqueles que não possuem mas pretendem criar um site em breve são negócios novos, com três anos ou menos, e são liderados por mulheres.

“Através dos dados de acesso, é possível mensurar a eficiência das ações e comprovar que a mídia digital é fundamental para o crescimento das pequenas empresas”, ressaltou Augusto Salomon, diretor de Negócios B2B da Algar Telecom, que administra o NetSabe, plataforma usada pela pizzaria da Amanda.

Nos tempos de hoje, é impossível ficar fora da internet, e manter um relacionamento próximo dos clientes pode ser de extrema importância para o crescimento dos micronegócios.

...

E se o TecMundo fizesse eventos presenciais para discutir os temas mais interessantes relacionados a tecnologia? Cadastre-se no Tecspot e saiba tudo em primeira mão!