Um dos maiores nomes do marketing no mundo, Neil Patel dividiu um pouco de seu conhecimento durante o Latam Founders 2017. O prêmio reconheceu alguns dos maiores nomes do ecossistema empreendedor no Brasil. A cerimônia de premiação foi realizada na última segunda-feira (29) em São Paulo. 

"O Brasil tem muitas pessoas inteligentes. O Brasil pode se sair bem, tem empresas incríveis. Mas alguns estudos apontam que o marketing aqui está cinco anos atrasado em relação ao que há de mais avançado no marketing mundial. Por quê?", questionou Patel.

Vocês têm empresas incríveis [no Brasil]. Por que não mostrar isso aos outros países?

Para ele, o país conseguiria superar esse gap se focasse em inovações. A seguir, veja as apostas indicadas pelo guru do marketing para fazer sua empresa decolar:  

1. Saiba o que seu cliente quer

Segundo Patel, vivemos uma época em que a personalização de conteúdo consegue atrair e engajar mais consumidores. "Quando alguém entra em seu site, aprenda a mostrar coisas em que essa pessoa está realmente interessada", disse. Ele dá o exemplo: se alguém busca conteúdos relacionados a cachorro num e-commerce, não faz o menor sentido mostrar para esse mesmo potencial cliente produtos de alimentação para gatos. "É em pequenas coisas como esta que você consegue conquistar clientela." 

2. Seja relevante

"Encontrar uma maneira não só de informar, mas de educar o seu consumidor, é uma boa estratégia para se sair bem", afirmou Patel. Isso significa não usar plataformas de contato com o consumidor, como as próprias redes sociais, apenas para falar sobre promoções ou produtos. Vale a pena investir em temas relevantes para o seu público, mesmo que não estejam diretamente atrelados ao que você vende. 

3. Personalize o contato

Usar o nome do consumidor em uma newsletter, por exemplo, ou oferecer auxílio a ele em seu website chamando-o pelo nome ajuda no engajamento. Segundo Patel, ter uma inteligência tecnológica que ajuda a saber o nome da pessoa que entra na sua plataforma de vendas ou de contato com o consumidor, por exemplo, é uma estratégia que mostra ao cliente que você se importa. "Essa tática costuma aumentar os ganhos das empresas em até 30%", afirmou o especialista. 

4. Sem inconveniências

Patel falou sobre uma tecnologia existente nos Estados Unidos que atualiza informações do cartão de crédito dos clientes sem que eles precisem preencher os dados novamente. "Por um valor pequeno, cerca de US$ 0,90, você consegue essas atualizações e pode continuar cobrando dos seus clientes sem criar uma inconveniência para eles." 

5. Do Brasil para o mundo

"Nós vemos que é muito fácil competir nos Estados Unidos e no Reino Unido. Mas países como Brasil, toda a América Latina, têm tanto potencial." O que Patel indaga é por que o Brasil não explora mercados ao redor do mundo. "Vocês têm empresas incríveis. Por que não mostrar isso aos outros países?"