Todo mundo gosta de uma boa história de sucesso. A boa para você comentar no fim de semana é como Elijah Oyefeso resolveu usar o dinheiro do seu financiamento estudantil para investir na bolsa. Que loucura, não é mesmo?

Agora vem o mais surpreendente: essa ideia deu certo! Em um mês ruim, o ex-estudante de 23 anos faz cerca de 30 mil libras (algo em torno de R$ 130 mil) — eu disse em um "mês ruim". E ainda não acabou: ele trabalha só 1 hora por dia.

Oyefeso conta que consegue fazer mais dinheiro em meses positivos no mercado. Algo entre 70 e 80 mil libras. Ou seja, alguma coisa entre R$ 410 mil e R$ 470 mil. Nada mal para quem não tem um diploma, não é mesmo?

Se você achava que o rapaz leva uma vida de ostentação, acertou! No Instagram ele compartilha seu amor por carros e relógios caros, ao lado de frases de efeito.

Instagram

O faro para a compra e venda de ações rendeu tanto dinheiro que Oyefeso criou sua própria empresa, a DCT Training Group, para ajudar outros jovens com interesse nesse mercado. O rapaz até participou de um reality show no Reino Unido, chamado "Rich Kids Go Shopping".

Fica aqui uma pérola motivacional:

Se você der duro, chega um ponto em que você não precisa mais ficar olhando o preço das coisas; você só vai lá e compra

Há controvérsias

Uma notícia do mesmo Daily Mail, só que de setembro do ano passado, aponta que o jovem tem problemas com a lei na Inglaterra. Uma briga com outro investidor, para quem Oyefeso supostamente devia dinheiro, acabou mal.

Depois de uma discussão acalorada, o jovem pode ir parar na cadeia por 2 anos e meio. Dá para acreditar?

Curtiu o texto? Saiba que isso é só um gostinho do que é publicado diariamente na newsletter do The BRIEF, que traz as principais notícias do mercado de tecnologia pra você, todas as manhãs. É serious, é business, mas com um jeitão bem descontraído (#mozão). Para assinar, é só clicar ali -> aqui