A venda da SwiftKey para a Microsoft deixou com um sorriso no rosto dois dos três fundadores da startup dona do aplicativo de teclado virtual. Porém, o terceiro elemento dessa história provavelmente só está bastante arrependido.

Segundo o IB Times, Chris Hill-Scott,  Jon Reynolds e Ben Medlock fundaram a SwiftKey em 2008. Dois meses depois, a empresa ainda era uma startup decadente, sem gerar qualquer dinheiro e exigindo muitas e muitas horas de trabalho. Hill-Scott decidiu então cortar a parceria, assinando um contrato que o desvicularia definitivamente da companhia.

O pior de tudo? Enquanto Reynolds e Medlock agora estão milionários, já que a venda girou em torno de US$ 250 milhões, da vida de Hill-Scott não vai mudar. Isso porque ele trocou sua participação na empresa, incluindo o direito a ações posteriores, por uma bicicleta. Atualmente, ele é designer e programador para sites governamentais.

Qual a sua opinião sobre a compra do SwiftKey? Comente no Fórum do TecMundo