O JPMorgan acaba de entrar no universo de pagamentos online. O banco anunciou a compra da WePay, uma empresa de tecnologia financeira, por mais de US$ 200 milhões. O investimento é o primeiro da história na companhia no segmento.

A startup é popular entre pequenas empresas e chamou atenção da líder mundial em serviços financeiros. A ideia é fazer o JPMorgan integrar o comércio online através da opção de pagamentos via software.

Vale lembrar que, ainda em outubro, o banco investiu outros US$ 100 milhões na Bill.com, em uma parceria focada em auxiliar clientes pessoa jurídica a realizar pagamentos online. Os termos do acordo não foram divulgados, mas a estimativa da negociação foi calculada pelo The Wall Street Journal.

Não precisamos nem explicar que a negociação é extremamente vantajosa para a WePay. A companhia já prevê duplicar seu tamanho em menos de um ano.

“Hoje estou feliz porque estamos começando um novo capítulo da WePay. Iniciamos o trabalho de combinar o nosso talento e a nossa tecnologia com a capacidade, marca e distribuição de uma das instituições financeiras mais importantes e respeitadas do mundo”, explicou o CEO Bill Clerico em comunicado oficial.

A startup foi fundada por Rich Aberman e Clerico em 2008, no Vale do Silício. Hoje,conta com 200 funcionários que disponibilizam um software bastante usado por pequenos e médios empresários. A WePay é vista também como uma das principais concorrentes do Paypal.