Anualmente, a equipe da revista econômica Fortune faz uma lista com os nomes das melhores empresas para se trabalhar (e que, obviamente, recebeu o nome “100 melhores companhias para se trabalhar”). No último ano, o troféu dessa eleição foi para a Google, e o feito se repete novamente em 2017.

A Gigante das Buscas foi eleita o melhor lugar pelo sexto ano consecutivo e já aparece na relação da Fortune há 11 anos. Curiosamente, companhias como Facebook, Apple e Microsoft não são encontradas no registro desse “top 100”.

“Pelo sexto ano consecutivo, [a] Google conseguiu alcançar o posto mais alto da nossa lista de melhores companhias para se trabalhar no país [a Fortune é dos Estados Unidos]. O titã tecnológico de US$ 75 bilhões é famoso por alguns de seus luxos, como comida gourmet, cortes de cabelo e serviços de lavanderia, claro. Mas também exige um rigor analítico no que diz respeito à moral. Também aumentou as suas políticas de licenças para pais, por exemplo, após descobrir que muitas mães estavam deixando seus empregos – e o resultado foi uma diminuição de 50% no atrito para as mães que trabalham. E também há a cultura: prefeituras mantidas por funcionários negros e aliados, apoio a trabalhadores transgênero e workshops (que já contaram com a presença de mais de 70% dos trabalhadores) ajudam a construir o que os empregados consideram um lugar ‘seguro e inclusivo’ para se estar”, diz o texto da Fortune.

O titã tecnológico de US$ 75 bilhões é famoso por alguns de seus luxos, como comida gourmet, cortes de cabelo e serviços de lavanderia, claro

Veja a seguir a lista com as 20 melhores empresas para se trabalhar na edição deste ano da eleição:

  • Google
  • Webmans Food Markets
  • The Boston Consulting Group
  • Baird
  • Edward Jones
  • Genentech
  • Ultimate Software
  • Salesforce
  • Acuity
  • Quicken Loans
  • Kimley-Horn
  • KPMG
  • Intuit
  • Kimpton Hotels & Restaurants
  • SAS
  • Burns & McDonnell
  • Capital One
  • Workday
  • Stryker
  • CHG Healthcare Services