Na última segunda-feira (17), a Samsung anunciou a chegada do Galaxy S8 e do S8+ no Brasil, que estará disponível a partir do dia 12 de maio.  O lançamento, que promete ser o maior da história da empresa sul-coreana, já atingiu sua primeira marca de sucesso com recordes na pré-venda, em comparação com os números do smartphone da geração anterior.

De acordo com a companhia, o número de reservas cresceu em 30% - apesar de a Samsung não ter divulgado uma quantidade exata de pedidos nessa pré-venda. E esses números refletem apenas a demanda de consumidores dos Estados Unidos. 

"O Galaxy S8 e S8+ são o resultado de um novo compromisso e o mercado respondeu com um crescimento de mais de 30% ao ano nas pré-vendas comparado com o recorde que tivemos com o Galaxy S7", declarou Tim Baxter, diretor de operações da Samsung nos EUA. O empresário completou dizendo que "a resposta é empolgante e indica uma grande semana de lançamento". Ainda de acordo com Baxter, a fabricante pretende "quebrar as barreiras do que é possível em nome de uma experiência melhor, mais inteligente e mais emocionante para os consumidores". 

No Brasil

O novo smartphone da Samsung chegará ao Brasil em duas versões: enquanto o Galaxy S8 terá display de 5,8 polegadas e custará R$ 3.999, o Galaxy S8+ terá uma tela de 6,2 polegadas e seu preço está estimado em R$ 4.399.

Nos dois modelos, o display será Super AMOLED com tela infinita (que praticamente não tem bordas e promove um uso ainda melhor do espaço da tela), e não haverá botão "Home" físico, contando apenas com um sensor de impressão digital na parte traseira do aparelho.

Entre as demais especificações dos novos Galaxy, está um processador Exynos de oito núcleos, 4GB de memória RAM, 64GB de armazenamento interno (com possibilidade de expansão via cartão microSD), câmera frontal de 8 megapixels, câmera traseira com 12 megapixels, resistência a água e poeira, leitor de íris e reconhecimento facial, e sistema operacional Android 7.0 Nougat.