Quando o Microsoft Teams foi apresentado no final do ano passado, a plataforma de conversação com suporte do ambiente Office 365 foi logo comparada a uma das mais populares do setor corporativo: o Slack. Na apresentação do evento Microsoft EDU, nesta terça-feira (2), em Nova York, a companhia de Redmond mostrou que a sala de aula é prioridade para o uso da iniciativa.

Em uma demonstração, a empresa abriu uma explicação de um professor com os alunos conectados ao software, que traz recursos familiares ao cotidiano da comunicação entre os jovens, a exemplo de emojis e stickers. Na linha do tempo, é possível alternar para um documento do Word Online e realizar alterações em trabalho colaborativo, com cada autor devidamente identificado.

Em seguida, o docente fez comentários sobre conteúdo, abriu apps e vídeos — incluindo videoconferência — e realizou enquetes. Tudo com resposta rápida de todos os participantes. A novidade foi exibida no sistema operacional Windows S e deve estar disponível para todos no mês que vem.