Trabalhar em um projeto da NASA não é para qualquer um, não é mesmo? Mas alguns brasileiros conseguiram esse feito no hackathon “NASA’s International Space Apps Challenge 2017” e estão selecionados para a etapa mundial da maratona de programação, que acontecerá nos Estados Unidos.

Nos dias 29 e 30 de abril, equipes de programadores, designers e profissionais de diversas áreas de desenvolvimento de softwares de Curitiba (PR), Maringá (PR), Recife (PE) e Serra (ES) idealizaram e programaram soluções que pudessem atender às necessidades globais aplicáveis à vida na Terra e no espaço.

As equipes foram formadas por cinco pessoas que tinham que desenvolver projetos inovadores de acordo com seis macrotemas, que eram também divididos em subtemas específicos, todos – obviamente – relacionados a assuntos espaciais.

Segundo a organização, na cidade de Curitiba, participaram 258 pessoas; em Maringá, foram 228; em Recife, 49; e em Serra foram 242 competidores.

De cada um dos municípios brasileiros, dois projetos inovadores se consagraram vencedores e vão participar do evento global. Além dos grupos ganhadores durante os dias do evento, cada cidade terá uma terceira equipe que será escolhida pelo voto popular.

Desde sua criação, em 2012, o "NASA's Internacional Space Apps Challenge" tornou-se o maior hackathon do mundo. Na edição de 2017, segundo o site da agência, foram produzidos 1.980 projetos entre todas as cidades participantes.

...

E se o TecMundo fizesse eventos presenciais para discutir os temas mais interessantes relacionados a tecnologia? Cadastre-se no TecSpot e saiba tudo em primeira mão!