Em época de crise econômica, qualquer maneira de ganhar uma grana extra é bem-vinda! Nesse aspecto, a tecnologia pode dar um empurrãozinho para quem deseja melhorar a situação financeira. Tudo isso, sem exigir muito esforço!

Por isso, o TecMundo organizou uma lista com sete dicas para você fazer um dinheirinho sem levantar do sofá, com apenas alguns toques! Confira:

Alugue um espaço livre

Viajar é bom demais, não é mesmo? Mas os custos envolvidos podem ser altos e as diárias de um hotel podem não estar valendo a pena na conta final.

É aí que você entra: aplicativos como Airbnb, por exemplo, têm a proposta de gerar oportunidades de renda extra para quem possui um quarto vago para alugar e até mesmo uma casa livre pela semana.

A comunidade de aluguel de espaços registrou 80 milhões de hóspedes no mundo em 2016 e trouxe uma renda anual de até R$ 7 mil para anfitriões em cidades como o Rio de Janeiro!

Quer mais? Tem mais espaço sobrando em casa? Aplicativos como ParkingAki e ezPark permitem ao usuário alugar a sua vaga de garagem, oferecendo mais uma renda complementar para o dono.

Mostre seus dons culinários

Você é conhecido por seus amigos como o “próximo Masterchef”? Montar um restaurante está difícil? Você pode ganhar algo oferecendo experiências para desconhecidos, cozinhando para outras pessoas na sua própria casa.

Aplicativos como o Meal Sharing e o Dinneer tornam aquela famosa receita de família uma experiência única para se conectar com outras pessoas pela gastronomia e ainda sair ganhando com isso!

Empreste o que não estiver usando

Sabe aquele vestido que você nunca mais usou ou a prancha de surfe que você comprou, mas depois descobriu que não tem habilidades aquáticas? Plataformas como a Alooga podem trazer uma grana adicional ao final do mês emprestando esses objetos. Os preços e o tempo são definidos pelos proprietários e o aplicativo cuida de todo o resto.

Desapega, desapega...

Não, esse não é um patrocínio daquela empresa cujo nome você já deve saber. Mas fazer uma grana vendendo produtos pode ser uma ótima ideia!

Plataformas como o Skina, o Enjoei ou até mesmo o próprio OLX podem ser uma mão na roda para você mandar fora aquele video game parado, a câmera fotográfica guardada na gaveta ou aquele tênis que não te agrada mais!

Transforme a despesa do seu carro em renda

Ter o carro próprio traz muitas vantagens! Mas se levarmos em conta os custos como IPVA e DPVAT, seguro, revisões, manutenções periódicas e os gastos com combustível, estamos falando de um preço altíssimo e que pode chegar a mais de um terço do valor do veículo por ano.

Tendo isso em mente, que tal disponibilizar seu possante em uma comunidade de aluguel de carros? A Moobie tem a proposta de gerar renda adicional com o seu carro parado e criar uma alternativa de transporte para quem estiver precisando do veículo para um final de semana na praia ou para um evento especial.

Se você estiver disposto a trabalhar fora, plataformas como Uber e Cabify também são boas pedidas para ganhar dinheiro e de quebra sair da rotina!

Au-au! Ganhe cuidando do melhor amigo do homem

Para aqueles que amam os animais, há uma alternativa para transformar o “au-au” em “tu-tu”, ou melhor, um dinheirinho extra.

A Dog Hero é um exemplo de plataforma colaborativa que oferece a oportunidade para anfitriões que se propõem a cuidar de cães enquanto os donos não podem estar com os bichinhos. Os parceiros passam por um processo rigoroso de seleção e podem ganhar de R$ 25 a R$ 80 por diária.

Casa de câmbio ambulante

Sabe aqueles dólares que sobraram da última viagem e ficaram parados na sua carteira ou aquele iene que você nunca mais vai usar na vida? Você também pode ganhar alguns reais os trocando!

O Monepp é um aplicativo que facilita o encontro de pessoas interessadas em trocar moedas. Você pode criar sua própria cotação em mais de 162 moedas (incluindo bitcoins) e, caso alguém tenha interesse, conversar e combinar com o comprador pelo chat da plataforma e fazer a entrega!

...

Depois dessas dicas, você pode virar o próximo milionário, ou quase. Brincadeiras à parte, algumas dessas plataformas são gratuitas. Mas fique atento, pois outras podem cobrar uma pequena taxa pelo serviço.

Gostou das sugestões ou tem mais alguma plataforma para indicar? Diga para nós na seção dos comentários!

...

E se o TecMundo fizesse eventos presenciais para discutir os temas mais interessantes relacionados a tecnologia? Cadastre-se no TecSpot e saiba tudo em primeira mão!