Descontos e mais descontos. Foi essa a receita da Amazon para vender tablets a rodo no Q4 do ano passado. Um relatório da IDC aponta que a gigante do e-commerce conquistou o segundo lugar no topo das vendas do gadget.

Para desbancar a Samsung e ficar atrás da Apple e seu incansável iPad, a empresa de Jeff Bezos vendeu seu tablet Fire HD 8 durante a Black Friday americana por USD 49,99. Uma redução de quase 40% sobre o preço original.

Como bater de frente com a Apple e seus iPads em sua terra natal não era uma opção, a companhia focou em duas estratégias para alcançar a medalha de prata:

1) derrubar os preços de seus aparelhos;
2) equipar os tablets mais recentes com a Alexa, assistente virtual e atual queridinha do patrão.

Bom, deu certo: enquanto o iPad manteve 26,6% de market share (hors concours é outra coisa), a Amazon se posicionou em seguida com 15,6% e a Samsung em terceiro, com 14,1%. Só por curiosidade, o iPad de 9,7 polegadas segue mandando bem, enquanto os modelos da linha Pro também fizeram bonito, segundo a IDC.

Curtiu o texto? Saiba que isso é só um gostinho do que é publicado diariamente na newsletter do The BRIEF, que traz as principais notícias do mercado de tecnologia pra você, todas as manhãs. É serious, é business, mas com um jeitão bem descontraído (#mozão). Para assinar, é só clicar ali -> aqui