De acordo com um estudo realizado pelo TrueCaller, os brasileiros são os que mais recebem ligações telefônicas de spam em toda a região da América Latina. Em 2018, cada brasileiro recebeu 37,5 ligações de fontes não solicitadas por mês, o que representa um aumento de 81% na comparação com o ano passado.

O mesmo estudo ainda identificou que 46% de todos os SMS recebidos pelos brasileiros também são spam. Ou seja, quase metade do fluxo de mensagens de texto no país é de empresas ou criminosos importunando os usuários dos serviços de telefonia móvel.

As principais responsáveis por essa grande quantidade de spam telefônico no Brasil são as próprias empresas de telefonia

As principais responsáveis por essa grande quantidade de spam telefônico no Brasil são as próprias empresas de telefonia. Segundo o TrueCaller, elas disparam 33% de todas as ligações indesejadas.

Em segundo lugar, temos as empresas de cobrança (24%), chamadas indesejadas genéricas (21%), telemarketing (12%), serviços financeiros (10%) e golpes (1%).

Depois do Brasil, o Chile é o país cujos cidadãos são mais perturbados por spam telefônico. Por lá, são 21,9 ligações por mês para cada usuário. Esse número é 25% maior do que no ano passado.

No Chile, as empresas de telefonia também são as principais responsáveis pelo spam (29%), seguidas por chamadas de cobrança (25%) e serviços financeiros (23%). O México, com 20,9 ligações indesejadas por mês, fica em terceiro (crescimento de 71%).

Depois temos Peru, com 19,8 (crescimento de 62%); e Costa Rica, com 18,5 (crescimento de 330%) e Guiana (crescimento de 380%). Esse último país saiu de 1 chamada ao mês para 4,8.

Medições

Todas as medições foram feitas pelo app TrueCaller, uma das principais ferramentas para filtrar spam telefônico disponível para Android e iOS. Os dados foram colhidos de forma anônima entre 1 e 30 de junho de 2018. Nesse intervalo, os usuários latino-americanos do app receberam 15 milhões de ligações de spam.

A identificação do que é e o que não é spam no TrueCaller é feita de forma automática pela tecnologia do próprio app, mas depende principalmente na identificação colaborativa. Nesse caso, os usuários reportam números de spam e, com isso, o app bloqueia essas fontes de ligações e SMS em todos os aparelhos nos quais está instalado.

No total, são mais de 3,1 milhões de usuários do TrueCaller no Brasil. Por mês, a ferramenta vem bloqueando 7,5 milhões de ligações não solicitadas e 1,7 milhão de SMS de spam.

Brasileiros são os que mais recebem chamadas de spam na América Latina via TecMundo