A Netflix está planejando testes com planos mais baratos para o serviço de streaming em mercados selecionados, indica uma entrevista do CEO Reed Hastings ao Bloomberg. Ainda não existem muitos detalhes sobre o caso, porém, a ideia serviria para a plataforma atingir um número maior de usuários.

No Brasil, o plano mais barato é o Básico, que tem um preço de R$ 19,90. Por este plano, o usuário consegue assistir filmes, shows e seriados em apenas 1 tela — seja notebook ou TV — e não acessa a qualidade HD para resolução.

Uma das ideias que envolveria um plano ainda mais básico seria o seguinte: acesso apenas aos programas originais da Netflix

Não está claro se a Netflix pretende baratear este plano ou desenvolver uma nova categoria. Mesmo assim, caso a empresa resolva criar uma nova categoria, praticamente não é possível piorar este cenário: o plano Básico já não oferece nada extra além do produto cru.

Uma das ideias que envolveria um plano ainda mais básico seria o seguinte: acesso apenas aos programas originais da Netflix, deixando de fora os filmes, seriados, shows e reality shows que não sejam produzidos pela empresa — uma grande porcentagem do catálogo.

O CEO da Netflix, Reed Hastings, notou que a Índia seria um mercado alvo, já que o mercado oferece 100 milhões de clientes em potencial e a Netflix “não vai conseguir esses 100 milhões de assinantes com a estratégia atual”, diz o executivo.

Netflix pode lançar plano mais barato em alguns países via TecMundo