Alibaba anunciou o desenvolvimento de seu primeiro chip, se colocando ao lado de outras gigantes chinesas que estão produzindo alternativas próprias para se tornarem mais independentes das empresas norte-americanas.

O processador do Alibaba irá se chamar Xuantie 910 e foi baseado no projeto de código aberto RISC-V, capaz de competir globalmente com grandes corporações deste setor, como ARM e Qualcomm. O Xuantie é o primeiro produto da subsidiária de fabricação de chips do Alibaba e faz parte do plano de expansão da empresa nas áreas de inteligência artificial e Internet das Coisas. Ele é projetado para computação de alto desempenho e carros autonômos.

O processador, de acordo com um comunicado da empresa, "foi projetado para atender a muito mais aplicações de IoT para serviços pesados. O novo processador também ajudará a impulsionar o crescimento da comunidade de código aberto RISC-V na Ásia e no mundo”.

Guerra comercial gera novos negócios

O Xuantie é uma resposta à guerra comercial entre Estados Unidos e China. Com as relações entre os dois países cada vez mais incertas, as empresas chinesas estão desenvolvendo alternativas próprias para tornar seus projetos o mais independente possível.

Alibaba aposta no mercado de semicondutores e desenvolve seu primeiro chip via TecMundo