Manuel "Manny" Medina é o CEO da Outreach, uma plataforma de Customer Engagement lançada em 2014. Com passagens por Microsoft e Amazon, essa é a primeira experiência de Medina como big boss. E o jovem não tem muito do que reclamar: desde sua fundação, a Outreach já conseguiu levantar mais de USD 125 milhões de investimentos, além de dobrar sua base de clientes e funcionários no último ano. Mas a métrica mais interessante (e o motivo pelo qual ele é o nosso ilustre convidado de hoje) é a avaliação que Manny recebe dos seus funcionários.

De acordo com o Glassdoor, site especializado em reviews de empresas, 97% dos funcionários que deixaram o seu depoimento recomendariam a Outreach para um amigo. E o percentual cresce quando o assunto em questão é a postura do CEO: 100% dos usuários deram a nota máxima ao boss. Para explicar como foi possível alcançar esse rating de respeito, Medina compartilhou com o Business Insider algumas das práticas que ele acredita que influenciam no número.

De todas as dicas dadas, a mais interessante é o hábito do chefão de mandar aos domingos um e-mail, ao estilo conversa de bar, para seus 300 colaboradores. Nele, conta como foi sua semana “no pessoal e no profissional”. São apanhados sobre os problemas que vem enfrentado e as alegrias que coleciona - algo que humaniza o chefe de uma empresa que vem crescendo. Como escrever a mensagem no findi não é bem o sonho de princesa de ninguém, houve uma época na qual Medina quis largar mão do e-mail dominical. Só que, antes de bater o martelo, resolveu perguntar aos funcionários o que eles achavam. Resultado: 85% deles afirmaram que liam a mensagem e incentivaram o CEO a continuar.  

Claro que esse modelo de contato com toda a empresa varia de acordo com a personalidade do big boss, mas a criação de um canal de comunicação é importante para o desenvolvimento de um ambiente mais próximo. Essa pesquisa da Robert Half, por exemplo, afirma que gerentes que se comunicam de forma aberta criam equipes mais unidas — o que, no final da ponta, acaba gerando maior produtividade e assertividade no trabalho. Então fica a dica.