Se você trabalha na frente do computador, é bem provável que passe a maior parte do expediente com o Spotify aberto ouvindo suas músicas prediletas – com o intuito, é claro, de tornar mais prazerosas aquelas oito horas recheadas de afazeres complexos. Você pode não saber, mas está praticando uma técnica cientificamente comprovada para aumentar o foco e ser mais produtivo no ambiente de trabalho.

Sim, existem diversas pesquisas que relacionam o uso da música para aumentar a produtividade de um indivíduo. Ao escutar uma canção que gostamos, nós estamos estimulando uma região de nosso cérebro conhecida como núcleo accumbers – que é a responsável pelo sentimento de prazer e recompensa. O mesmo ocorre quando você come seu prato favorito ou recebe um montão de curtidas em uma publicação no Facebook.

Porém, não pense que basta selecionar aquele álbum bacana e ligar o repeat para que o método funcione ao longo de toda a semana. Escolher quais músicas você ouvirá em cada momento de sua rotina profissional fará toda a diferença na sua vida. Com base em alguns estudos internacionais, o site gringo Crew separou quatro dicas importantes para quem quer usar melodias a seu favor durante o expediente.

Sim, ouvir música é realmente benéfico no ambiente de trabalho!

Eu já ouvi isso antes...

A primeira dica é: na hora de fazer tarefas simples e repetitivas (responder emails, preencher formulários etc.), monte uma playlist com músicas que você já conhece e que te fazem feliz. No geral, a regra para trabalhos pouco complexos é não se apegar a nenhuma regra, visto que cada pessoa gosta de um estilo musical diferente e sabe bem quais canções proporcionam uma sensação de relaxamento.

Um instrumental também faz bem

Por outro lado, caso você esteja incumbido com tarefas mais complexas e que exigem o aprendizado de novas informações, a melhor opção são as músicas instrumentais, já que as letras de uma canção cantada podem distraí-lo (mesmo se forem em um idioma que você não domina). Em casos realmente críticos, vale a pena até mesmo desligar o áudio durante um tempo.

É preciso escolher bem a canção que você vai ouvir

Tarefa predileta = música predileta

Assim como na primeira dica, ouvir suas músicas prediletas é a melhor forma de ser mais produtivo naquilo em que você é expert. Ou seja, se você é um escritor e sua banda favorita é Radiohead (como eu), ouça Radiohead enquanto trabalha no próximo capítulo de sua obra literária. Um estudo publicado no Jornal da Associação Americana de Medicina constatou que cirurgiões demonstraram maior precisão durante suas tarefas ao ouvir melodias que eles gostavam.

Batimentos por minuto

Por fim, quando você precisa de foco para resolver problemas e trabalhar em tarefas criativas (em áreas como design e escrita), o ideal é escolher músicas que tenham entre 50 e 80 batimentos por minuto (bpm). Há indícios de que esse ritmo induz o cérebro a entrar no estado alfa, fazendo com que o indivíduo se torne mais calmo, alerto e com maior concentração.

Você usa música para ser mais produtivo no trabalho? Comente no Fórum do TecMundo